Glossario Coletivo

Longevida lança projeto da segunda edição do Glossário Coletivo

A live “Não ao Idadismo! A voz da população idosa nas cinco regiões do Brasil”, no dia 30 de maio, marcou o lançamento do projeto da segunda edição do Glossário Coletivo de Enfrentamento ao Idadismo. A iniciativa da Longevida conta com parceiros em 18 Estados.

O evento, que debateu a situação da pessoa idosa no país, contou com a participação de Yacy Souza Derzi, conselheira estadual do Idoso do Amazonas, representando a Região Norte; Albemar Araújo, conselheiro do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Recife (PE), pelo Nordeste; José Araújo, conselheiro do Conselho Estadual da Pessoa Idosa do Paraná, pelo Sul; Maria Enaura Vilela Barricelli, conselheira do Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo (SP), pelo Sudeste, e Carmencita Balestra, presidente do Conselho Municipal do Idoso de Inhumas (GO), representando o Centro-Oeste. Acesse a live completa no Canal no YouTube da Longevida.

Na ocasião, foi o lançado o projeto da segunda edição do Glossário Coletivo de Enfrentamento ao Idadismo, que dá continuidade à campanha #LugarDePessoaIdosaÉOndeElaQuiser, iniciada em outubro do ano passado, nas comemorações do Dia da Pessoa Idosa. O objetivo é reunir, como na primeira edição, de forma colaborativa, frases, expressões e depoimentos idadistas que sejam representantes regionais da nossa língua, mostrando que o preconceito etário está espalhado por todo o país.

Para que a nova edição seja ainda maior e mais representativa que a de 2021, a Longevida conta com a participação de importantes parceiros que representam 18 Estados brasileiros.

Qualquer pessoa física ou jurídica poderá colaborar com o Glossário Coletivo até o dia 31 de agosto, enviando sua contribuição de palavras, expressões e depoimentos idadistas pelo Google Forms: http://bit.ly/contribglossario. A segunda edição será lançada no dia 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos.

Seminário sobre Envelhecimento, Velhice e Longevidade - Recife

Longevida apoia Seminário sobre Envelhecimento no Recife

Estão abertas as inscrições para o II Seminário sobre Envelhecimento, Velhice e Longevidade, com o tema “Velhice não é doença: Diversidade, Inclusão e Cidadania”. O evento virtual será nos dias 26, 27 e 28 de outubro. A realização é da Prefeitura do Recife e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) com apoio da Longevida e do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Recife (COMDIR).

Sandra Regina Gomes, diretora e fundadora da Longevida, vai participar da primeira mesa do seminário, no dia 26 de outubro, ao lado de Cacilda Medeiros, responsável pela Gerência da Pessoa Idosa (GPI) da Prefeitura de Recife. Elas abordarão o tema “A velhice para além dos preconceitos e estereótipos: em busca de um envelhecimento ativo”.

Outros temas do primeiro dia serão envelhecimento masculino, políticas públicas e instituições de longa permanência para pessoas idosas, com especialistas do Núcleo de Envelhecimento, Velhice e Idosos (NEVI) da UFRPE, da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) – seção Pernambuco, e representantes da prefeitura e do COMDIR.

Já no dia 27 de outubro, uma das convidadas é a mestre em Gerontologia e presidente destituída do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Lucia Secoti, que estará no painel sobre “Cidadania, participação e o controle social na defesa e na promoção dos direitos da pessoa idosa”. A inclusão digital e social, velhices e diversidade também serão debatidas, com a participação de outro convidado especial o professor Alexandre Silva, doutor em Saúde Pública e especialista em envelhecimento.  

O encerramento do seminário, no dia 28 de outubro, será com as oficinas “Minha casa, um lugar seguro: preparando o ambiente para evitar acidentes domésticos” e “Primeiros socorros: o que devo fazer antes do socorro médico?”. Os participantes do evento receberão certificado. Inscrições gratuitas pelo site bit.ly/seminarioenvelhecimento2021