São Paulo ganha aplicativo de serviços para pessoas idosas

A cidade de São Paulo ganhou esta semana um aplicativo reunindo serviços públicos voltados para pessoas idosas nas áreas de Assistência Social, Saúde, Esporte e Lazer, Cultura e Educação: o SPinfo60+. O lançamento ocorreu no dia 11 de agosto durante o Seminário de Prestação Pública de Contas do projeto “Diagnóstico socioterritorial para a pessoa idosa na cidade de São Paulo: construção de subsídios para a defesa de direitos e para a capacitação de conselheiros”, promovido pela PUC-SP.

Iniciado em agosto de 2020, o projeto é resultado do convênio firmado entre a PUC-SP e o Conselho Estadual do Idoso (CEI), por meio da Secretaria Estadual de desenvolvimento Social (SEDS) com recursos via o Fundo do Idoso. A Coordenadoria de Estudos e Desenvolvimento de Projetos Especiais, um setor da PUC, desenvolveu o projeto tendo à frente a professora Beltrina Côrte. As diversas etapas visaram constituir subsídios para os espaços de participação, defesa de direitos e controle social, como o aplicativo SPinfo60+.

A Coordenadoria de Políticas para Pessoa Idosa da Secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) da Prefeitura de São Paulo e o Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo (GCMI) colaboraram com o projeto. Uma das etapas foi a capacitação de conselheiros, que contou com a participação da diretora e fundadora da Longevida, Sandra Regina Gomes.

A estrutura básica do SPinfo60+ é composta por um banco de dados levantado nos serviços da Assistência Social, Saúde, Esporte e Lazer, Cultura e Educação. Foi desenvolvida uma estrutura de dados pensando em deixá-la o mais acessível possível ao público 60+, com a contribuição de professores de diversos setores da PUC-SP, desde Administração, Estudos Interdisciplinares, Curso Ciências de Dados e Inteligência Artificial, Ciências da Computação e Design.

Por enquanto o app SPinfo60+ está no servidor da PUC-SP. A atualização de serviços será feita por pesquisadores do Núcleo de Estudo e Pesquisa do Envelhecimento, também da PUC-SP, até migrar para o Conselho Estadual do Idoso. Acesse o aplicativo em https://spinfo60.pucsp.br/.

(Fonte: Portal do Envelhecimento)

Posts Recentes

2021 | FEITO POR PNZ COMUNICAÇÃO